Westway LAB
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Westway LAB
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Westway LAB
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
main logo
menu logo
menu logo
menu logo
menu logo
menu logo
menu logo
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image loja

Voltar

Loja Oficina

Abril

Em Reserva
Exposição do espólio documental d'A Oficina
Oficinas / Visitas

O Cereiro da Porta da Vila, como ainda hoje é lembrado o extinto espaço comercial localizado na Rua da Rainha, junto à Porta da Vila, constitui o único testemunho de uma atividade proto industrial que contribui para uma melhor compreensão da história socioeconómica local.

Percorrendo um vasto espólio documental, que abrange a dinâmica da loja e oficina desde o segundo quartel de oitocentos até à primeira década do século XX, apercebemo-nos que os seus três proprietários, durante este longo período, se dedicavam ao negócio de diversas mercadorias – que iam desde artigos de drogaria, papelaria, materiais para a construção, bebidas alcoólicas e artigos vários para uso doméstico – acumulando, igualmente, a produção e comercialização de objetos em cera.


Artigo da revista Veduta 2 - "Contributo para o estudo da indústria da cera em Guimarães - A Casa da Cera da Porta da Vila"

Download ⤓

Nº Inventário: AOF.CER.0001

Designação: Vela

Descrição: Peça votiva em cera enrolada sobre si em toda a sua extensão. Pode ver-se uma tira de papel presa na peça com a marca numéria «1,35», referente ao seu tamanho em metros. Em volta do papel, um cordão serve para pendurar o objeto. Verifica-se ainda a inscrição «M C» carimbada na extremidade final da vela, que seria a marca de oficina.

Autorias: Casa da Cera da Porta da Vila

Classificações: Artes e ofícios | Fabrico de objetos em cera

Cronologia: Sem data, contudo sabe-se que a produção de objetos em cera terminou, nesta oficina, em 1987.

Incorporação: Doação

Materiais: Cera, corda e papel.

Dimensões (cm): 135

Proprietário: A Oficina CIPRL