Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
A Oficina
Centro Cultural Vila Flor
Centro Internacional das Artes José de Guimarães
Casa da Memória de Guimarães
Centro de Criação de Candoso
Teatro Oficina
Educação e Mediação Cultural
A Oficina
Centro Cultural Vila Flor
Centro Internacional das Artes José de Guimarães
Casa da Memória de Guimarães
Centro de Criação de Candoso
Teatro Oficina
Educação e Mediação Cultural
Loja Oficina

Back

CCVF

/

Palácio

SATURDAY, DECEMBER 10, 4:00 PM

O verdadeiro lado da manta

Exhibtion opening
Exhibitions

For all ages

For this exhibition, Sara & André launched an invitation to the Origami studio to design an exhibition project in a collective or community based manner. Based in Caldas da Rainha, the Origami studio has functioned as a laboratory and multifunctional space, where dozens of people with different vocations and intentions meet, from strictly technical, to more artistic, experimental or even libertarian aspects. The studio’s location is inextricably linked to the Escola Superior de Arte e Design - Caldas da Rainha, and the vast majority of its employees are graduates from the school at different times. It is a community that consists of several generations of ESAD alumni. The idea of an artistic community that operates autonomously, on the basis of a studio that produces set designs, is therefore taken as an object of study.

NO DIA DA INAUGURAÇÃO

Performances de:

 

Vanda Madureira em colaboração com: Eneida Lombe Tavares, Mafalda Santos e Tiago Norte, Do outro lado da manta-Artista Residente act, 10 de dezembro, 2022, Ação, 13`

A artista incorpora o Artista Residente, alter-ego coletivo que opera entre a possibilidade e a impossibilidade do objeto artístico. Através da sua voz e olhar, o Artista Residente atua sobre a própria exposição, visando a sua dilatação, num algo mais que fale da prática artística, quando ela era cacofonia, escolha, dúvida e sobretudo otimismo critico, despojado de toda a cena artística.

 

Candido Efeémer, PENDULUM MUSIC | STEVE REICH, 4 microfones, 4 amplificadores, 1 performer duração aproximada: 25’

Pendulum Music (para Microfones, Amplificadores e Performers) é uma obra composta por Steve Reich em agosto de 1968 para microfones suspensos e speakers amplificados, criando feedbacks em phasing uns com os outros, através de diferentes movimentos pendulares. Nesta versão estendida de Candido Efeémer, a peça vai para além das notações de Reich, que, entre outras indicações, determinavam o seu final no término do movimento pendular expressivo dos microfones, quando estes começam a produzir um feedback contínuo. O resultado é um drone hipnótico gerado pelo phasing cada vez mais subtil e intenso dos microfones que, na verdade, nunca encontram essa posição de repouso total.

Price 2,00 eur / 1,00 eur w/discount

_

tuesday to friday 10h00-17h00

saturday 11h00-18h00

Website developed by BondHabits